Conselhos

Contato: (+351) 213-428-180

  • Registar
O melasma é um tipo de hiperpigmentação comum nas mulheres (apenas 10% dos casos são do sexo masculino), especialmente durante e após gravidez. Trata-se de grandes manchas escuras na face, especialmente nas maçãs do rosto, ponta do nariz, testa e lábio superior, embora outras partes do corpo possam ser afectadas, como por exemplo os braços.
Embora todos os tipos de pele possam padecer desta patologia, as pessoas com tons de pele mais escuros, são mais propensos a apresentar situações de melasma.
Existem 3 tipos de melasma: epidérmico, dérmico e misto.
Melasma epidérmico: afecta a camada superior da pele e a hiperpigmentação é castanha;
Melasma dérmico: afecta a nível da derme e é caracterizado por manchas azuis;
Melasma misto: caracteriza-se por manchas castanho-acinzentado;
 

O que causa o melasma?

O melasma surge pelo excesso de produção de melanina.
Em caso de gravidez, as alterações hormonais constantes podem levar a estimular os melanócitos a produzir mais pigmento de melanina.
Mulheres que tomem anticoncepcionais podem também desenvolver melasma porque o seus organismos passam por alterações hormonais semelhantes como as que ocorrem durante a gravidez.
A exposição às radiações Uv são também um factor desencadeante ou agravante nesta patologia, por isso é recomendado que as pessoas evitem a exposição solar nas horas de mais calor, usem chapéu e protetor solar de factor elevado para evitar a estimulação dos melanócitos (que produzem a melanina). Mesmo pessoas que já fizeram o tratamento, uma breve exposição solar pode fazer com que o melasma retorne.
 

Qual o tratamento?

Existem várias opções para o tratamento do melasma; regulação do melasma por tratamento tópico, tratamento oral ou remoção da mancha por tratamento a laser (estes últimos devem ser aconselhados por um dermatogista).
O tratamento tópico pode ser realizado por cremes que contenham as seguintes substâncias:
- Hidroquinona: é um forte despigmentante e só deve ser utilizado por recomendação médica;
- Ácido kojico: substância natural, podendo ser recomendado a grávidas;
- Ácido azelaico: substância natural, diminui a produção do pigmento através da inibição de uma enzima, podendo ser recomendado a grávidas;
- Ácido retinóico: muito eficaz na redução da produção de melanina, no entanto, pode desencadear aumento de sensibilidade ao sol;
- Ácido glicólico: possui a capacidade de renovação celular, de despigmentante e de estimular a síntese de colágeno na derme, evitando ou retardando o envelhecimento cutâneo e ajudando no tratamento da hiperpigmentação da pele.
Em simultaneo ao tratamento tópico aconselha-se o uso de protetor solar alto diáriamente e de forma rotineira.
Se uma mancha de pigmento estiver a mudar de tamanho, cor ou forma e/ou tem prurido ou sangramento, deve consultar o seu dermatologista.

Farmácia Frazão

farmacia

Os Nossos Contactos

Nossa Morada:
Rua das Portas de Santo Antão Nº70
1150-268, Lisboa
Phone: (+351) 213 428 180
Horário de Funcionamento:
Aberto todos os dias das 09h00 às 21h00
Encerrados a 25 Dezembro e 1 Janeiro

Dias de Serviço

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Agendar Serviços




S5 Box

Login

Register